RFID Noticias

Ceitec inicia produção em volume do chip para o Siniav

O CTC13100, que está em testes em três empresas desenvolvedoras de tags, será comercializado a partir de março de 2014

Por Edson Perin

18 de novembro de 2013 - A Ceitec, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), que desenvolve soluções para identificação automática por RFID (identificação por radiofrequência) e smartcards, e para aplicações específicas (ASICs), está iniciando neste mês de novembro a produção em volume do chip CTC13100.

Projetado para uso por empresas que estão desenvolvendo soluções para o Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav), o chip RFID UHF da Ceitec atende ao protocolo Denatran G0 (geração zero) do Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav) e às respectivas normas de segurança e criptografia (leia mais em RFID para veículos brasileiros entra em testes em outubro).

Reinaldo de Bernardi, diretor da Ceitec
Segundo o diretor de Desenvolvimento de Produtos & Negócios da Ceitec, Reinaldo de Bernardi, o chip teve desenvolvimento totalmente nacional, ou seja, o projeto foi desenvolvido pela Ceitec. "A etapa de fabricação do wafer é em Taiwan, pela tecnologia necessária para atender às especificações do Denatran", esclarece. "Toda a etapa de testes – 100% de todos os chips –, beneficiamento e empacotamento do produto será realizada na Ceitec, [em sua fábrica no Rio Grande do Sul]".

Com a fabricação do chip pela Ceitec, anunciado em janeiro (leia mais em Ceitec lança chip especial para uso no programa Siniav), todas as empresas fabricantes de tags e que estão se candidatando a fornecer a inteligência para as chamadas Placas de Identificação Veicular (PIVE), do Siniav, podem solicitar amostras para testar em seus protótipos, como três companhias já vêm fazendo, de acordo com Bernardi.

O executivo da Ceitec disse ainda que a empresa vai disponibilizar o produto ao mercado para o desenvolvimento de tags a partir de março de 2014. "Trata-se de uma solução one-chip com desenvolvimento totalmente nacional", atesta Bernardi. A Ceitec, além de ofertar o produto, tem todas as condições de dar o suporte técnico para qualquer empresa que queira desenvolver tags para uso no programa Siniav". As expectativas de negócios apontam para um milhão de unidades, em 2014.

Marcelo Lubaszewski, presidente da Ceitec
Para o presidente da Ceitec, Marcelo Lubaszewski, o início da produção em volume do CTC13100 é significativo porque demonstra a crescente presença da empresa no mercado de RFID, em todos os seus segmentos – baixa, alta e ultra alta frequência (UHF). "O CTC13100 é mais um produto competitivo de nosso portfólio que chega ao mercado", ressalta Lubaszewski. "A Ceitec dá mais um passo importante com o início da produção em volume do CTC13100".

O programa Siniav foi criado pelo governo federal com o objetivo de identificar toda a frota nacional de veículos por meio da instalação de etiquetas eletrônicas (tags) com chips, nos para-brisas dos automóveis. Os sinais dessas tags serão captados por antenas instaladas em pórticos em ruas e estradas de todo o país, podendo fazer a leitura de dados como placa, modelo, marca, ano, potência e tipo de combustível, além da data e do horário em que o veículo passou por determinado local. As informações obtidas serão enviadas por meio de identificação por radiofrequência para bases de dados informatizadas locais e nacionais.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »