RFID Noticias

Cidade do Rio testa NFC para pagamento de ônibus

A tecnologia já permite que 200 usuários do transporte público carioca paguem tarifas com uma simples aproximação de um smartphone

Por Edson Perin

22 de outubro de 2013 - Um teste com a tecnologia NFC (Near Field Communication) está em curso no transporte público do Rio de Janeiro, com o objetivo de permitir que se paguem tarifas de ônibus, trens e barcas por meio de celulares smartphones. O piloto está em andamento até o mês de dezembro com duzentos usuários selecionados, que estão utilizando aparelhos RAZR D3, da Motorola.

Pagamento com tecnologia RFID NFC: basta o usuário aproximar seu celular do leitor de cartões e autorizar o pagamento da tarifa pelo smartphone
O projeto é uma parceria entre RioCard Tecnologia da Informação, empresa que administra o Bilhete Único do transporte público carioca, Gemalto e Motorola Mobility, com as operadoras de telefonia Claro, Oi, Telefonica Vivo e TIM.

Os smartphones serão usados como mobile wallets (carteiras móveis), equipados com a tecnologia NFC, que permite a troca de informações sem fio de forma segura quando dois dispositivos compatíveis estejam próximos entre si. O uso de tecnologia RFID (identificação por radiofrequência) em transporte começou, em 2003, no Rio de Janeiro, com o Cartão RioCard e já está incorporada aos hábitos dos usuários.

Para efetuar o pagamento da passagem o usuário deverá aproximar o smartphone do validador da RioCard. O Motorola RAZR D3 foi escolhido com exclusividade para o projeto piloto porque os mentores do projeto consideraram “ser o primeiro aparelho a oferecer a tecnologia NFC em dispositivos mais populares no Brasil”.

Um aplicativo permite que o passageiro facilmente consulte o saldo na tela do aparelho em qualquer momento e em qualquer lugar. A RioCard deverá oferecer, em breve, venda de créditos no próprio aparelho. “É um sistema prático e rápido, que traz liberdade para o cliente”, afirma Homero Quintaes, diretor da RioCard TI.

A Gemalto, empresa internacional de segurança digital, disponibilizou cartões UpTeq multi-tenant NFC SIM com a tecnologia Mifare4Mobile embarcada. O cartão protege as credenciais do usuário, permitindo o pagamento seguro da passagem com apenas um toque no aparelho. Com a necessidade de futura evolução desta tecnologia, a adição da plataforma de Trusted Service Manager (TSM) da Gemalto permitirá a introdução de uma ampla gama de serviços de valor agregado.

“O transporte está emergindo como uma das aplicações mais importantes para a tecnologia NFC e nosso cartão UpTeq multi-tenant NFC SIM é completamente escalável para hospedar uma ampla gama de serviços agora e no futuro”, explica Damien Bullot, diretor de Telecom Brasil, da Gemalto. “Conforme mais e mais bancos, comerciantes e provedores de serviços introduzem tecnologias móveis de ponta para pagamentos, a solução escalável da Gemalto pode perfeitamente acomodar a adição dos novos provedores de serviço com a evolução do mercado”.

“A utilização dos serviços móveis com NFC continua a crescer com rapidez”, afirma Pierre Combelles, business lead do Programa de Comércio Móvel da GSMA. “Este piloto inovador na América Latina é um exemplo de uso de NFC no celular para virtualização de bilhetes de transporte, porém é apenas um ponto de partida, pois o comércio móvel gerará demandas por novos serviços tais como pagamentos, cupons, vales, programas de fidelidade e controle de acesso, entre outras. É um momento promissor para a região”.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »