RFID Noticias

Bangalore Metropolitan Transport melhora pontualidade

A companhia adotou uma solução de RFID que avisa quando os ônibus estão atrasados em rotas servidas por seu terminal mais movimentado

Por Claire Swedberg

4 de outubro de 2013 - A Bangalore Metropolitan Transport Corp. (BMTC), que opera 6.597 ônibus e 50 estações na terceira cidade mais populosa da Índia, aumentou sua pontualidade graças à tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID). Cada ônibus recebeu uma tag. Dois leitores de RFID foram instalados na entrada do terminal. Assim, a empresa passou a identificar quando um determinado ônibus está atrasado com base na sua hora de chegada. A solução foi fornecida pela ABLogics, de Bangladesh.

Uma tag TechBee da ABLogics feita com um inlay Alien ALN-9654 foi afixada na janela do motorista de cada ônibus
Durante os dois meses de uso da tecnologia, a pontualidade da empresa de ônibus indiana melhorou, segundo Amal Rani Meenakshi, gerente de soluções globais da ABLogics. Gestores da BMTC, explica ela, agora podem saber quando um ônibus está atrasado e fornecer uma cobertura adicional, se necessário, a fim de garantir que os passageiros não sejam prejudicados.

A BMTC transporta 4,8 milhões de passageiros por dia em toda a área metropolitana. Opera seis terminais na cidade de Bangalore, assim como 41 depósitos, e seus veículos realizam 6.300 programações diferentes, com uma média total de 83.618 viagens diárias. No terminal de ônibus Shivajinagar, o maior da BMTC no centro de Bangalore, cerca de 1.000 ônibus fazem de oito a dez viagens por dia, transportando um total de 100.000 passageiros. Devido ao grande número de veículos, motoristas e rotas envolvidas, era quase impossível para a empresa identificar quais ônibus estavam atrasados e por quanto tempo. A empresa realiza esforços contínuos de marketing para incentivar o uso de ônibus e transporte público como alternativa aos veículos motorizados privados, como carros ou motocicletas.

Amal Rani Meenakshi, da ABLogics
Antes da instalação da solução TechBee rTrack, da ABLogics, com tags RFID passivas EPC Gen 2 UHF, bem como leitores e software para gerenciar a coleta de dados, a empresa de ônibus tinha instalado unidades de GPS para rastreamento de veículos. Mas a tecnologia GPS tinha limitações, segundo Meenakshi, já que as unidades de ônibus tendem a fornecer informações de localização imprecisas. Portanto, a empresa voltou-se para a ABLogics para desenvolver uma solução melhor.

A tag da ABLogics consiste de inlays Alien Technology ALN-9654 envoltos em material plástico. Cada tag foi afixada no interior de cada ônibus do lado do motorista (à direita) com um adesivo. A empresa também instalou dois leitores Convergence Systems Ltd. (CSL) CS203, que foram montados em uma parede perto da entrada em suportes de metal. Ambos os interrogadores, cada um dos quais tem uma antena integrada, estão localizados em um ponto em que os condutores devem passar em baixa velocidade no terminal principal.