RFID Noticias

Leia em Notas do Editor: Companhias aéreas podem se beneficiar da RFID

Apesar de um declínio no número de ocorrências, as malas extraviadas ainda custam US$ 2,6 bi por ano para a indústria aérea global

Por Mark Roberti

17 de setembro de 2013 - A SITA, provedora global de serviços de comunicação e TI para a indústria aeronáutica, lançou seu nono estudo anual sobre manuseio de bagagem. A notícia é boa e ruim. O número de malas extraviadas caiu de 8,99 por 1.000 para 8,83 por 1.000. Isso é muito bom, já que a indústria da aviação lida com 3 bilhões de passageiros por ano, mas não está claro se esse declínio foi devido ao menor número de pessoas despachando bagagens ou por melhorias operacionais.

Agora, a má notícia: uma mala extraviada custa um extra de US$ 100 para as companhias aéreas. Com isso, 26 milhões de malas extraviadas representaria um custo de US$ 2,6 bilhões.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »