RFID Noticias

Fabricantes de pneus pretendem rodar com RFID

A Kumho começou a aplicar etiquetas em todos os pneus fabricados na Coreia, enquanto a Michelin está abrindo 40 patentes relacionadas com RFID

Por Claire Swedberg

7 de agosto de 2013 - A partir do ano que vem, todos os 35 milhões de pneus produzidos anualmente na Coreia pela Kumho Tires virão equipados com tags RFID passiva EPC Gen 2 UHF para que possam ser rastreados na fábrica da Kumho e por sua cadeia de suprimentos, nas lojas e pelos seus futuros proprietários, como gestores de frota.

Trabalhando com uma das suas empresas irmãs, a Asiana IDT, desenvolvedora e fornecedora de produtos de TI e serviços , a Kumho desenvolveu um tipo de tag RFID EPC UHF como um remendo fino, retangular, para ser incorporado dentro de um pneu durante o processo de fabricação. A empresa espera etiquetar 14 milhões de pneus até o final deste ano e planeja, a partir de 2014, colocar etiquetas em todos os 35 milhões de pneus que produz na Coreia anualmente. Ao fazê-lo, a empresa espera reduzir seus custos anuais em cerca de US$ 9 milhões, reduzindo erros, simplificando identificação e endereçamento aos clientes.

Nesse meio tempo, a empresa começou a etiquetar todos os pneus de ônibus e caminhões fabricados em seus sites em Gwangji e Gokseung. Ainda este ano, deve começar a aplicar tags em pneus de carros para vendas internas, o que levará à implantação em todo o mundo.

Distribuidores e consumidores de pneus Kumho podem usar as tags para gestão de estoques e logística em centros de distribuição, diz Megan Wentz, coordenador de vendas da Kumho Tire USA. "Por muitos anos", explica, "nossa empresa tem realizado pesquisas e desenvolvimento em gestão logística eficiente, incluindo a redução da incidência de erros humanos e o fortalecimento de gestão da qualidade pelo uso de sistemas eletrônicos para rastrear lotes de produtos".

A empresa analisou os códigos de barras e uma variedade de soluções de RFID e descobriu que a identificação por radiofrequência permite uma maior taxa de reconhecimento de identificadores únicos dentro de ambientes de manufatura empoeirados, do que os códigos de barras, e que a tecnologia poderia também permitir o armazenamento de dados de sensores, tais como as temperaturas e as condições de pressão. A empresa então começou a desenvolver uma tag RFID de baixo custo.

Inicialmente, a Kumho irá incorporar as tags sobre a superfície do forro interior dos pneus fabricados nas suas fábricas de Gwangju e Gokseong, na Coreia. Os engenheiros da firma ainda estão desenvolvendo tags a fim de melhorar a sua funcionalidade. Por exemplo, diz Wentz, a taxa de leitura tem tendência a cair de acordo com as condições relacionadas com a forma de uso dos pneus após a instalação. A empresa quer reduzir este problema e assegurar que as etiquetas mantenham sua capacidade de leitura durante toda a vida útil do pneu.