RFID Noticias

Zebra Motionworks analisa o desempenho atlético

Equipes estão usando etiquetas RTLS RFID para monitorar localização, velocidade e orientação dos jogadores em campo, com o objetivo de melhorar sua formação

Por Claire Swedberg

5 de agosto de 2013 - Utilizando um sistema de localização em tempo real (RTLS) que localiza os movimentos dos jogadores, times podem não só melhorar a experiência do espectador ao assistir a um jogo na televisão ou online, mas também ajudar os treinadores a treinar e gerenciar melhor seus jogadores. Esta é a premissa por trás do recém-lançado Motionworks Sports Solution, da Zebra Technologies Corp., que monitora os movimentos dos jogadores por tags RFID UWB usadas pelos atletas, com transmissões das etiquetas recebidas por leitores instalados no lado de fora do campo de jogo e com cada tag sendo analisada por um software especial desenvolvido para determinar onde um jogador está, a direção em que está se movendo e sua velocidade.

A informação resultante pode então ser encaminhada para o software de treinamento da equipe para tornar os espectadores e treinadores muito mais bem informados sobre o desempenho de cada jogador, relata a Zebra Technologies.

do
Jill Stelfox, da Zebra
A Zebra Motionworks Sports Solution está sendo testada por um time de futebol profissional nos Estados Unidos e outro na região da Ásia-Pacífico, diz Jill Stelfox, gerente geral da Zebra Technologies. Devido a acordos de não divulgação, ela se recusa a fornecer detalhes sobre as equipes envolvidas.

A linha de produtos Dart, da Zebra, é tradicionalmente usada no mundo inteiro para localização de ativos em tempo real, trabalho em andamento ou evacuação de emergência em uma variedade de setores, incluindo manufatura. As etiquetas Dart têm tipicamente um tempo de vida de mais de sete anos e podem ser interrogadas a partir de uma distância de 300 metros, com precisão inferior a 1 pé. Recentemente, a empresa começou a explorar a forma como a mesma tecnologia usada nas tags e leitores Dart poderia ser implantada dentro de um ambiente de alta velocidade, como esportes. A solução Motionworks emprega leitores Dart da Zebra e um fator de forma diferente das tags Dart.

Segundo Stelfox, existem outros produtos disponíveis no mercado onde as equipes esportivas estão acompanhando atualmente os jogadores oticamente em um campo. No entanto, observa, algumas equipes sentem que os resultados não são tão precisos quanto precisam para fornecer informações de localização úteis, tais como a direção em que o atleta se move, as variações de velocidade etc. "A RFID fornece dados muito precisos", afirma, acrescentando que, em testes da solução Motionworks.

O software Motionworks fornece análises com base nos dados recolhidos sobre a localização, tais como a rapidez de um determinado jogador no início e no fim de um jogo. Ele também pode determinar quando as velocidades podem ter mudado, por exemplo, na sequência de uma lesão sofrida durante um jogo. Essa informação pode então ser revista pela equipe no software de gestão, ou por fãs de esportes na televisão. Também podem ser usados para fins de segurança, por exemplo, o software pode fornecer uma análise indicando como ficaram jogadores que, por exemplo, colidiram.

As tags são redondas e cada jogador usa duas etiquetas: uma no lado da frente do corpo, outra na parte de trás. Geralmente, entre 12 e 30 receptores devem ser instalados em torno do campo, a fim de permitir que possam capturar transmissões das tags e, assim, fornecer dados mais precisos de localização.