RFID Noticias

Fabricante quer aumentar eficiência de leitores

A coreana IDRO planeja lançar em breve um leitor que trabalha em conjunto com uma antena equipada com LED para ativar etiquetas com sensores fotoelétricos

Por Claire Swedberg

1 de agosto de 2013 - As tecnologias de identificação por radiofrequência (RFID) são muitas reconhecidas pela capacidade de ler tags sem a necessidade de uma linha de visão, tornando a leitura muito mais rápida do que, por exemplo, a digitalização de um código de barras. Há também momentos, no entanto, que a leitura pode enfrentar problemas. A leitura não intencional de etiquetas RFID também pode causar erros de dados em uma variedade de aplicações, incluindo a etiquetagem de produtos um a um no varejo.

Uma empresa que trabalha para criar uma solução para o problema de leitura é a IDRO (Identification with Radio and Optical). Desde sua fundação em 2008, a empresa sul-coreana tem trabalhado no desenvolvimento do Glowfly System, constituído por um leitor de RFID com uma antena que não só transmite um sinal de RF, mas também um sinal sob a forma de luz visível. Patenteado, o leitor IDRO900V da IDRO trabalha em conjunto com tags RFID passivas EPC Gen 2, assistidas por bateria para alimentar um sensor fotoelétrico. Para que a tag RFID seja visível ao transmitir seu identificador único, também deve detectar o sinal baseado em luz transmitido por um diodo emissor de luz (LED), construído na antena do aparelho. Desta forma, as etiquetas não podem ser inadvertidamente interrogadas se estiverem fora do feixe de luz.

O sistema Glowfy consiste do leitor IDRO900V, a antena ANT45LEDZ com LED e uma tag RFID passiva EPC Gen 2 assistida por bateria, com um sensor fotoelétrico

Tradicionalmente, a fim de evitar leituras dispersas, podem-se ajustar a potência de saída de um leitor e o posicionamento das antenas, minimizando a área de leitura. Mas esta prática, diz Yanggi Kang, CEO da IDRO, é demorada e propensa a erros. A empresa está desenvolvendo uma versão completamente passiva de sua tag RFID visível que também irá trabalhar com o sistema Glowfly.

A IDRO está buscando parceiros de revenda globais para aumentar sua participação de mercado com o sistema RFID. Os leitores e tags podem ser adquiridos separadamente ou como solução, incluindo o software IDRO para receber e interpretar os dados de leitura. O leitor mede 136 milímetros por 126 milímetros por 35 milímetros, tem alcance de leitura de até 12 metros e custará cerca de US$ 1.500.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »