RFID Noticias

Showroom permanente coloca RFID na moda

Empresas demonstram benefícios da identificação por radiofrequência para varejistas de vestuário no shopping de atacado Mega Polo Modas, em São Paulo

Por Edson Perin

7 de fevereiro de 2013 - Sob a batuta da Divisão RFID do Grupo CCRR, do qual faz parte a RR Etiquetas, empresas que têm soluções de identificação por radiofrequência (RFID) resolveram investir em uma parceira para disseminar a tecnologia para o segmento brasileiro de vestuário. Em um showroom permanente montado no shopping atacadista Mega Polo Modas, no bairro do Brás, em São Paulo (SP), os fornecedores da tecnologia demonstram na prática a aplicação da RFID para os varejistas do Brasil inteiro que realizam suas compras no local.

Valdir Arjona Gaspar, do Grupo CCRR
No showroom, tanto os atacadistas e varejistas como os fabricantes de roupas e distribuidores têm contato próximo com a tecnologia e recebem informações sobre como a RFID pode ser utilizada para reduzir custos operacionais, melhorar a gestão dos estoques, controlar eficientemente o inventário, aumentar as margens de lucros, evitar perdas de produtos com sistemas antifurto, gerenciar e rastrear as mercadorias, entre outras operações de missão crítica. A Divisão RFID do CCRR está demonstrando no local a sua solução para o segmento de varejo de vestuário desenvolvida no Brasil e que utiliza tecnologias de vários fornecedores parceiros.

Sérgio Gambim (esq) e Marco Carbonari fazem demonstração de RFID em peças de vestuário

O diretor-geral da Colacril, Valdir Arjona Gaspar, que também integra o Grupo CCRR, explicou que a companhia aposta no setor de varejo como o principal a adotar em massa a tecnologia RFID nos próximos anos. “Isto está acontecendo no mundo inteiro, como tenho acompanhado inclusive em viagens que fiz ao exterior. Sabemos que esta tecnologia irá crescer exponencialmente nos próximos 12 anos”, atesta Gaspar.

O executivo da CCRR anunciou ainda um investimento de R$ 100 milhões, nos próximos três anos, na construção e operação de uma fábrica de soluções de RFID, que deverá ser inaugurada no próximo mês de março, na cidade de Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba (PR). “Por estarmos instalados no Brasil temos muitas vantagens sobre os fornecedores estrangeiros”, acrescentou Gaspar.