RFID Noticias

Smirnoff valoriza celebrações com RFID

A empresa fabricante de vodka patrocina eventos onde os clientes usam RFID para compartilhar experiências no Facebook e votar em drinks favoritos, DJs e dançarinos

Por Claire Swedberg

7 de novembro de 2012 - A divisão Smirnoff, da Diageo, promove seus produtos de vodka em uma série de festas e eventos onde os clientes podem compartilhar suas atividades com amigos no Facebook, utilizando um token de RFID. A solução vem sendo utilizada em várias casas noturnas desde o ano passado, como parte do projeto Smirnoff Nightlife Exchange e Battle of the Clubs, com os usuários atualizando suas páginas para deixar comentários sobre os lugares e informar o que estão fazendo, enviando fotos.

A solução, fornecida pela Fish Technology, foi introduzida pela Blondefish, uma empresa de RFID e medias sociais com sede em Londres RFID, que ajuda diversas marcas a promover e organizar eventos com tecnologia. A Blondefish oferece múltiplas soluções para a Smirnoff e também subcontrata vários outros fornecedores de soluções de RFID para instalar e integrar a tecnologia em vários clubes noturnos.

Smirnoff Battle of the Clubs: participante coloca seu token RFID perto do leitor do tablet para votar nas suas bebidas favoritas

Uma dessas empresas é a Vision ID, provedora de soluções de RFID irlandesa. Ao longo do ano passado, um sistema baseado em RFID foi instalado por uma única noite em uma série de oito casas noturnas localizadas em toda a Irlanda, como a Krystle, em Dublin, a Sense Night Club, na Irlanda do Norte, e a -browns.com / Havana Browns, em Cork.

O programa Battle of the Clubs, da Smirnoff, começou com um aplicativo no Facebook que encorajava os usuários a votar no seu clube favorito, sendo que os vencedores hospedariam uma festa da Smirnoff, incluindo música, bebidas e fotos. O programa foi oferecido exclusivamente na Irlanda, Alemanha e Bélgica. A versão belga ainda está em curso, enquanto que as promoções na Irlanda e na Alemanha já se encerraram.

Laura Moody , da Blondefish
Em cada evento irlandês, a Smirnoff cedeu ao clube os recursos para uma festa, incluindo o pagamento de bebidas, disc jockey, uma série de DJs e música ao vivo. Ao chegar, cada convidado encontrava um funcionário do clube com um computador tablet com um leitor RFID HF HID Global Omnikey 5321 ou 6321. Os convidados eram convidados a compartilhar suas experiências no Facebook, de acordo com Laura Moody, diretora da Blondefish, e a maioria aceitou o convite.

Cada participante recebia um pequeno cartão de plástico ou token com uma tag RFID embutida de 13,56 MHz, de vários fornecedores diferentes. Um membro da equipe lia o número da etiqueta usando o leitor HID Global, relacionando o nome e a senha do Facebook de cada pessoa. A informação era então transmitida através de uma conexão Wi-Fi para o software da Fish Technology, no servidor. Lá, os dados eram encaminhados para atualizar a página da pessoa no Facebook, indicando que ele ou ela tinha acabado de chegar ao clube para a festa da Smirnoff.