Notas do Editor

Por que premiamos usuários finais

O prêmio RFID Journal Awards destaca o uso bem-sucedido das tecnologias de identificação por radiofrequência (RFID), em beneficio de todos

Por Mark Roberti

22 de fevereiro de 2017 - Neste ano, como nos anteriores, fomos obrigados a rejeitar várias inscrições submetidas para concorrer ao RFID Journal Awards. Os registros eram inválidos porque descreviam soluções ou implantações sem indicar qual empresa estava se beneficiando desses projetos. Informei a um provedor de solução que ele tinha de dar o nome de um cliente para ser considerado. Ele disse que iria tentar, mas que era uma pena sua empresa não poder ganhar o prêmio, uma vez que tinha trabalhado tão duro para criar a solução.

É uma resposta bastante comum. Muitas empresas perguntam, "por que o cliente deve receber o prêmio, se nós fizemos todo o trabalho?" É uma boa pergunta, então, deixe-me responder.

Honramos os usuários finais porque queremos destacar os usos bem-sucedidos das tecnologias de identificação por radiofrequência (RFID). Isto incentiva outros usuários finais a adotar RFID também e, assim, ajudamos a indústria toda a crescer. Também acreditamos que incentiva outras empresas a usar a solução específica envolvida no prêmio, o que beneficia aquele provedor de soluções RFID específico.

O provedor de soluções se beneficiaria mais se receber o prêmio? Acho que não. A maioria dos compradores de tecnologia descarta os prêmios porque são muitas vezes comprados. As empresas pagam para ser nomeadas como principal fornecedor desta ou daquela solução, e todos sabem disso, então, esses prêmios são amplamente desconsiderados.

Mas não há incentivo para que um usuário final pague por um prêmio, então, se um provedor de soluções disser: "nosso cliente ganhou o prêmio de Melhor Implementação de RFID no Varejo, do RFID Journal Awards, pelo uso de nossa solução", o que diz muito mais e é levado muito mais a sério por outros clientes potenciais.

É fato que o uso de RFID por uma companhia em uma indústria inspire outros com características similares a considerar a tecnologia também. É por isso que o RFID Journal coloca tanta ênfase nos usuários finais. Tentamos falar com a empresa usuária final - o negócio que está usando, o sistema RFID - para cada estudo de caso e notícias em nosso site.

É por isso que recrutamos usuários finais para falar em nossos eventos, como a American Woodmark, Herman Kay Co. ou a Endries International, que estarão falando na conferência RFID Journal LIVE! em maio, para dizer "nós usamos RFID em nossa fabricação e aqui está como nos ajudou". Isto é mais poderoso do que ter um provedor de solução dizendo: "esta é a nossa solução e aqui está como pode ajudar você".

Há, é claro, um lugar para destacar novas soluções e fazemos isso no site do RFID Journal a cada semana, bem como nas salas de exposição em nossos eventos e no RFID Connect. E há um lugar para recompensar os provedores de soluções, razão pela qual temos a categoria de Melhor Novo Produto. Mas acreditamos que destacar as implementações bem-sucedidas beneficia a todos, porque ajuda outras empresas a perceber o valor de usar RFID.

Mark Roberti é o fundador e editor do RFID Journal

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »