Notas do Editor

Observações do Big Show da NRF (2)

A RFID está sendo lembrada com mais frequência por provedores de tecnologia de varejo, bem como por mais usuários finais

Por Mark Roberti

2 de fevereiro de 2017 - Leia a Parte 1 deste artigo em Observações do Big Show da NRF

Seria um exagero grosseiro afirmar que a identificação por radiofrequência (RFID) fez história no Big Show da National Retail Federation (NRF), realizada no início deste mês. Mas tendo participado praticamente em todos os eventos da NRF nos últimos 15 anos, acho que é justo dizer que a RFID foi mais perceptível do que nunca.

Anos atrás, quando a RFID ainda estava nos estágios iniciais do Gartner hype cycle - o que significa que estava ficando em alta -fornecedores como Intel, IBM, Microsoft, Oracle and SAP, todos ofereciam demonstrações da tecnologia em seus estandes. Então, quando a RFID entrou no que o Gartner chama de Trough of Disillusionment (ou o abismo, se você preferir o termo de Geoffrey Moore), a RFID praticamente desapareceu dos grandes estandes da NRF.

Este ano, pela primeira vez, estava de volta. A IBM tinha uma pequena área com RFID, assim como Intel, SAP e Microsoft (a Intel incluiu tecnologia RFID em seu estande nos últimos três anos). A "por fora" foi a Oracle, em cujo estande eu não vi nenhuma demonstração RFID. Um funcionário no estande me disse: "A RFID nunca entra na conversa quando estou vendendo para um varejista".

Não tive a sensação de que os participantes estavam intensamente interessados nestas demos de RFID. Parecia haver uma maior consciência da tecnologia entre os presentes, mas a grande maioria dos varejistas ainda não parece entender o valor que a RFID oferece.

Houve muito interesse nas soluções de análise de dados e omnichannel, mas é difícil ver como as soluções off-the-shelf oferecerão muito valor se não estiverem usando RFID. Notei uma demo de quiosque, por exemplo, no qual os clientes podem encomendar produtos em uma loja e compra-los. "O quiosque irá dizer-lhe se o item está fora de estoque e recomendar um item semelhante", disse a pessoa que fez a demo.