Notas do Editor

Meu artigo em The Wall Street Journal

O fato de um grande jornal publicar um artigo de opinião sobre RFID sugere que a maré mudou na direção da identificação por radiofrequência

Por Mark Roberti

22 de agosto de 2016 - Durante os últimos anos, eu enviei meia dúzia de artigos sobre a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) para jornais como The Wall Street Journal e The New York Times, cada um destacando aspectos positivos da tecnologia em relação aos tópicos de notícia. Para minha frustração, nenhum deles havia sido publicado até agora.

Na semana passada, no entanto, The Wall Street Journal publicou meu texto opinativo intitulado "How Tiny Wireless Tech Makes Workers More Productive" [Como uma minúscula tecnologia sem fio torna os trabalhadores mais produtivos]. O artigo abordou o atual debate sobre se as tecnologias digitais atingiram o seu limite em termos de aumento da produtividade. Na minha opinião – e disse isto no artigo – é que a RFID vai quebrar a parede entre os mundos digital e físico, permitindo que os computadores controlem de forma mais eficiente os ativos físicos com novas eficiências.

Para apoiar a minha tese, mostrei como empresas como Macy's, Delta Air Lines e American Woodmark estão conseguindo grandes benefícios da RFID. Conhecimento e confiança na tecnologia entre os editores chegaram claramente a um ponto alto, pelo menos no prestigiado The Wall Street Journal.

Eu forneci documentação detalhada para cada exemplo de ganhos de produtividade citados no artigo. Forneci links para relatórios de pesquisa lançados pelo RFID Lab, da Universidade de Auburn, bem como os endereços de e-mail daqueles que conduzem os esforços de RFID na Macy’s, Delta e American Woodmark. No passado, os meus artigos apresentados ao Times e Journal com as mesmas informações não foram escolhidos para publicação.

Por que esta mudança agora? A grande razão, creio eu, é que os editores estão lendo notícias positivas sobre RFID. O Journal publicou um grande artigo sobre o uso de RFID no Johnson Controls para rastrear contentores. Cada história publicada por outros editores dá maior confiança na tecnologia para aceitar outros artigos e, por isso, espero que as notícias positivas sobre RFID continuem. Isto, por sua vez, irá encorajar mais empresas a dar uma olhada na RFID, o meu objetivo inicial ao escrever o artigo.

Existem, é claro, muitas pessoas que não concordam com a minha tese de que a RFID vai trazer ganhos positivos para o negócio ou que veem intenção nefasta para trás do uso da tecnologia. Poucas pessoas postaram alguns comentários negativos em resposta ao meu artigo. Espero que aqueles que acreditam em RFID, como eu, dialoguem. Mais vozes destacando os benefícios só podem ser uma coisa boa.

Eu acho que está claro que as percepções sobre a RFID mudaram, que irão estimular mais notícias positivas que irão aumentar as taxas de adoção. Isso, por sua vez, levará a mais notícias, e a um maior número de empresas usando a tecnologia, criando assim um ciclo virtuoso. O resultado, creio eu, será o aumento dos índices de produtividade, salários mais altos e mais lucros durante os próximos anos.

Mark Roberti é o fundador e editor do RFID Journal.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »