Notas do Editor

Como a adoção de RFID será acelerada

O ritmo de adoção será impulsionado pelo setor de varejo e depois se espalhará para outros ramos de atividades

Por Mark Roberti

14 de outubro de 2015 - Muitas empresas, tanto aquelas que vendem a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) como potenciais utilizadores, parecem estar sob a impressão de que a adoção, que tem sido mais lenta do que a maioria dos especialistas esperava inicialmente, permanecerá lenta no futuro. Nesta coluna, vou explicar por que esse ponto de vista está equivocado.

A adoção de novas tecnologias quase sempre leva mais tempo do que o esperado. Há um monte de hype (embalo) no início, após o que a tecnologia prova ser mais difícil de implantar com êxito do que o esperado e muitas empresas passam para outros projetos. Enquanto isso, sob o radar da principal imprensa de negócios, provedores de soluções melhoram suas ofertas. Eles criam produtos que são mais fáceis de implantar, menos dispendiosos e mais completos.

Isso por si só não conduz à adoção. As empresas não correm para comprar uma solução só porque existe. Leva tempo para que alguns tenham a chance com a tecnologia para provar que ela funciona. Quando o fazem, isso incentiva os concorrentes a adotar, porque eles não querem ficar para trás. Em seguida, mais concorrentes adotam.

Cada vez que há uma nova implantação, mais empresas passam a olhar de novo para a nova tecnologia. Alguns vão implantar, enquanto outros vão continuar a se concentrar em outras prioridades. Mas, gradualmente, a indústria alcança a massa crítica e então todos adotam.

Estamos vendo esse jogo com a RFID no setor de varejo e vestuário. Logo no início, a American Apparel era um lobo solitário, o único varejista dos EUA a utilizar RFID em todos os seus itens para melhorar a precisão do inventário. A Macy's e sua empresa irmã Bloomingdale's começaram a experimentar a tecnologia e concluíram que poderiam aumentar a precisão do inventário e melhorar a gestão das lojas.

Foram vários anos entre a American Apparel e a adoção pela Macy’s. Então a Kohl's anunciou que estava usando RFID e, em seguida, a Target. O intervalo entre os anúncios foi claramente ficando mais curto, comparado ao tempo de as empresas primeiro começarem a olhar para RFID e iniciarem a implantação.