Notas do Editor

O que você pode aprender sobre RFID com os outros

Ouvir empresas que implantaram identificação por radiofrequência em seu setor é valioso, assim como aprender com aqueles de outros setores

Por Mark Roberti

25 de fevereiro de 2014 - Se nós já nos conhecemos e trocamos cartões de visita, então você sabe que o título no meu cartão é fundador e editor do RFID Journal, em vez de presidente e CEO, títulos que eu também tenho na minha empresa. Penso a respeito de mim, em primeiro lugar, como um editor, e se você me perguntar no que eu sou realmente bom eu diria que é em ser editor. Parte do meu trabalho como editor envolve vasculhar grandes volumes de informação potencial para compartilhar apenas o que os nossos leitores vão realmente encontrar valor e de compartilhar de uma forma factual e objetiva. Eu acredito que é de fundamental importância para as empresas que não tenham atingido os benefícios prometidos por tecnologias sensacionalistas.

Estou dizendo isso porque o comunicado de imprensa que o RFID Journal distribuiu sobre o nosso apresentador keynote no RFID Journal LIVE! 2014, o nosso 12º evento anual de conferência e exposição, a ser realizado de 8 a 10 de abril, em Orlando, Flórida. Teremos cinco apresentadores keynote neste ano:

Kim Philips, chefe de embalagens da Marks & Spencer (M & S) e Richard Jenkins, diretora do programa RFID da empresa, irá compartilhar como a RFID está ajudando a varejista do Reino Unido a uma melhor gestão de estoque e a reduzir perdas.

Carlo K. Nizam, chefe de visibilidade da cadeia de valor Airbus, discutirá como a sua empresa está implantando RFID em toda a cadeia de valor para agilizar as operações e construir aviões mais rentáveis.

Kimberly Brayley, diretora de RTLS da Veterans Health Administration (VA), irá explicar como a VA está usando sistemas de localização em tempo real (RTLS) baseados em RFID em centros médicos e clínicas comunitárias para melhor gerir equipamentos hospitalares e materiais.

David F. Baucom , diretor da U.S. Transportation Command (TRANSCOM), irá delinear o uso de RFID para rastrear embarques e melhorar a execução da cadeia de suprimentos no U.S. Department of Defense.

Edward Koch, especialista em automação e software da Bechtel, dará detalhes sobre como a engenharia global, construção e gerenciamento de projeto da empresa está empregando a tecnologia de RFID para rastrear materiais na cadeia de suprimentos, ajudando a reduzir custos e melhorar a eficiência no manuseio de materiais nos canteiros de obras de três.