Notas do Editor

Como encontrar agulhas no palheiro

Um novo relatório sobre a adoção de sistemas de localização em tempo real dos hospitais ilustra os desafios enfrentados pelos provedores de soluções de RFID

Por Mark Roberti

23 de setembro de 2013 - Nos últimos anos, tenho aconselhado fornecedores de tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) que, para serem bem sucedidos, devem se concentrar em poucas empresas e organizações que adotem RFID no futuro próximo e não nos muitos outros. Ainda assim, as áreas de vendas são seduzidas por números. Ao participar de um evento de RFID, você encontrará apenas algumas dezenas de usuários potenciais. Em um evento vertical de um setor, por outro lado, você vai encontrar alguns milhares. A questão é que as poucas dezenas na conferência RFID estão lá porque querem implantar a tecnologia em breve, enquanto aqueles do evento vertical não têm planos de fazê-lo.

A resposta que recebo é sempre educada, mas eu sei o que o fornecedor da solução está pensando: "você está dizendo isso só porque você me quer como expositor de um evento do RFID Journal". E sim, eu sei... mas a minha sugestão é um bom conselho, como mostra um artigo recente publicado pela Healthcare IT News, intitulado "RFID and RTLS getting 'dominated' by MU".

O histórico de dados de sites HIMSS Analytics, uma divisão da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS), revela que 92,84% dos hospitais não têm um sistema de localização em tempo real (RTLS) para rastreamento de equipamentos hospitalares e não pretendem ter; apenas 0,56% pensam nesta possibilidade.

Fico surpreso que tão poucos hospitais – acredito que os dados abrangem apenas os Estados Unidos, mas isso não está explicitamente afirmado no artigo – estejam interessados em implantar soluções RTLS, uma vez que temos publicado muitos artigos ao longo dos anos a respeito de hospitais que alcançaram benefícios significativos com tais soluções. De acordo com o artigo da Healthcare IT News, os hospitais devem investir em projetos de tecnologia que se qualificam para o financiamento federal.

Agora, eu poderia argumentar que a tecnologia RTLS deve se qualificar para os fundos públicos, mas isso é outro assunto. A questão é como você encontra os 0,56% dos hospitais interessados em implantar uma solução RTLS? Eu vou te dizer o que eu faria se estivesse vendendo a tecnologia para hospitais, que é a mesma abordagem para as empresas que vendem sistemas de RFID para o varejo, manufatura, gestão de resíduos ou qualquer outro setor.