Notas do Editor

Indústria de RFID precisa de certificações profissionais

Conforme a tecnologia vai sendo adotada, as empresas passam exigir uma maneira de julgar as habilidades e níveis de conhecimento das suas possíveis contratações

Por Mark Roberti

15 de agosto de 2013 - Nos últimos 16 meses, tenho trabalhado com um pequeno grupo de profissionais da indústria de identificação por radiofrequência para desenvolver uma organização responsável pela certificação de RFID, o RFID Institute, para criar uma variedade de certificações profissionais para a indústria. Recentemente, ampliamos o quadro e trouxemos três novos membros, sendo que um deles perguntou: "será que precisamos mesmo de um exame de certificação e, em caso afirmativo, qual é o business case para ele?"

Fiquei um pouco surpreso com essas perguntas. Afinal, estávamos trabalhando há mais de um ano com a convicção absoluta de que a indústria necessita de exames de certificação. Mas estas são questões válidas que precisam ser feitas e respondidas.

Atualmente, a tecnologia de identificação por radiofrequência ainda está em sua infância. O número de pessoas com experiência na implantação de um sistema de RFID é pequeno, empregando UHF, Near Field Communication (NFC) ou sistema de localização em tempo real (RTLS). Isso não é um problema enorme, porque o número de empresas que implementam sistemas de RFID ainda é relativamente pequeno também.

Mas, em algum ponto, o RFID vai atravessar o abismo e a demanda vai subir. Com isso, a demanda por técnicos qualificados e por aqueles que podem projetar um sistema e gerenciar sua implantação também vai aumentar dramaticamente.

Na minha mente, a indústria vai precisar de um programa de certificação de alta qualidade. A Foundation Certification que o RFID Institute atualmente está desenvolvendo será projetada para mostrar se alguém tem a base de conhecimento necessária para determinar qual tipo de sistema de RFID é adequado para uma determinada aplicação. Aqueles que procuram a certificação precisam entender as diferenças entre alta frequência (HF) e etiquetas UHF, como se comunicam com os leitores e as implicações para diferentes aplicações.

No futuro, o RFID Institute planeja criar certificações mais detalhadas e técnicas que se concentram em determinar se um candidato a certificação tem as habilidades necessárias para executar as tarefas necessárias para implantar um sistema de IC, um sistema UHF ou um sistema híbrido que combina RFID com outras tecnologias. Sem essas certificações, contratar alguém para trabalhar em um projeto de RFID teria que se basear na confiança na palavra de que ele ou ela tinha trabalhado em sistemas RFID e possuía o conhecimento necessário para fazer o trabalho.

Existe atualmente um business case para um programa de certificação de RFID? Provavelmente não. Mas, conforme a adoção vai crescendo, certamente haverá. Quanto mais as empresas implantam RFID, a demanda por habilidades de RFID sobem acentuadamente e com credenciais de boa fé poderá oferecer aos candidatos uma vantagem no mercado. Tenho certeza disso, motivo pelo qual estou doando meu tempo para ajudar a criar um programa de certificação de RFID. Se você é um profissional RFID qualificado, considere juntar-se ao RFID Institute e ajudando-nos a construir o futuro da indústria de RFID.

Mark Roberti é o fundador e editor do RFID Journal.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »