RFID Estudos de Caso

T-Mobile Áustria atualiza seus preços remotamente, sem fios

Graças à tecnologia RFID das telas eletrônicas de prateleira, a empresa pode alterar quaisquer informações sobre os produtos expostos em todas as suas lojas de varejo, em tempo real

Por Claire Swedberg

4 de outubro de 2012 - Em um passado recente, quando os funcionários das lojas T-Mobile, da Áustria, tinham de atualizar os preços e os detalhes de produtos expostos nas lojas, a única saíra era imprimir e cortar etiquetas de papel, o que desperdiçava muito tempo de trabalho. Graças à instalação de um sistema baseado em RFID, com etiquetas de prateleira eletrônicas fabricadas pela ZBD Solutions, a equipe conseguiu reduzir o tempo de realização do trabalho de atualização das informações em 40%.

A T-Mobile Áustria queria um método mais eficaz de atualização de preços e informações sobre os produtos expostos em suas lojas. "As etiquetas de papel provaram ser altamente ineficientes e muito trabalhosas, muitas vezes tirando funcionários de venda de seu trabalho original", diz David Rogers, diretor de marketing e vendas da ZBD Solutions. E mais, diz ele: “não havia garantia de que as mudanças fossem realizadas com a precisão e atualização necessárias em todas as lojas, dentro do tempo esperado”.

A T-Mobile Áustria atualiza informações sobre produtos, sem fio, por meio de pequenos monitores RFID EPOP 500 instalados em 11 de suas lojas de varejo

Para atualizar as informações de produtos e preços na loja, os funcionários tinham que chegar ao trabalho 30 minutos mais cedo e manualmente cortar as etiquetas de papel, ou executar esta tarefa durante os intervalos. Além disso, acrescenta Rogers, as etiquetas de papel não estavam em sintonia com o design das lojas, moderno e elegante, ou com a reputação da T-Mobile como uma empresa inovadora. Em contrapartida, diz ele, “os displays eletrônicos (e-paper) da ZBD Solutions foram integrados ao layout de cada loja, criando um design único e sem remendos”.

A T-Mobile Áustria testou a solução em uma única loja por três meses e, depois de determinar que o sistema atende corretamente a demanda e que os funcionários foram capazes de trabalhar com a tecnologia, estendeu o uso para as 11 lojas da T-Mobile, na Áustria, bem como em países vizinhos.