RFID Estudos de Caso

Metalúrgica melhora sua produção de peças com RFID

A Nedschroef, fabricante holandesa de fechos de metal para a indústria automotiva, controla informações sobre 4.500 recipientes metálicos cheios com cerca de 100.000 peças

Por Rhea Wessel

13 de agosto de 2012 - A holandesa Nedschroef, fabricante de fixadores metálicos para a indústria automotiva, reduziu a incidência de erros de logística em sua fábrica em Plettenberg, Alemanha, para menos de 1% usando tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID).

A empresa está empregando a solução para gerenciar 4.500 contêineres metálicos, cada um contendo cerca de 100.000 peças pequenas de metal, como porcas de parafusos. Enquanto aguardam o transporte, os recipientes ficam armazenados dentro de um rack automatizado. Uma etiqueta RFID é fixada em cada recipiente para a Nedschroef poder rastrear informações de produção e os pesos dos recipientes, a fim de assegurar que o número adequado de elementos de fixação são entregues a cada cliente.

Cada recipiente tem uma etiqueta Confidex e uma tag da Avery Dennison

A Nedschroef precisa saber do peso de cada recipiente vazio, o que pode variar em até 2 kg, para calcular o conteúdo dos contêineres antes de as peças serem embaladas e entregues aos clientes. Antes de um recipiente vazio ser preenchido, a Nedschroef calcula seu peso e, em seguida, utiliza um dispositivo portátil de RFID – Merlin, da Nordic ID – para gravar os dados em uma etiqueta RFID Confidex SteelWING presa ao recipiente.

Klaus Menken, gerente do projeto da Nedschroef na B&M Tricon – empresa de design sediada em Viena e integradora da aplicação – diz que a Nedschroef escolheu a tag Confidex porque é flexível e normalmente não se danifica nas empilhadeiras. Além disso, observa ele, a tag é pequena e se encaixa bem nos recipientes.

Para acompanhar as informações de produção, os trabalhadores usam o sistema de gestão empresarial (ERP) para imprimir uma ordem de produção utilizando uma etiqueta RFID Avery Dennison AD 224, colada na parte de trás. A ordem de produção e a etiqueta são impressas e codificadas simultaneamente por uma das três impressoras Lexmark T642. As informações sobre o tipo embalagem e o peso individual são armazenadas na etiqueta RFID e, depois, os trabalhadores colocam a folha de produção RFID dentro de uma pasta de plástico que é então presa no recipiente de metal.