RFID Estudos de Caso

Criando uma Experiência de Compra Memorável em uma Loja

A loja Common People mistura um ambiente elegante com uma combinação eclética de arte, moda e tecnologia RFID para surpreender os clientes.

Por Mark Roberti

8 de junho de 2011 - Cada varejista no mundo sonha com a criação de uma loja que seja um local de destino, um lugar onde moradores e turistas se reúnem porque estar lá é uma ótima experiência e comprar algo é um lembrete dessa experiência.

Monika Feldman e seu marido Max fizeram exatamente isso na Cidade do México transformando uma mansão em estilo colonial dos anos 40 de quatro andares e 483 metros quadrados, no chique distrito mexicano de Polanco, em uma experiência de compra única. A loja deles, a Common People, mistura um ambiente elegante com uma combinação eclética de arte, moda e tecnologia de identificação por rádio frequência.


Quando um cliente pendura roupas que ele ou ela deseja experimentar nos locais de prova de roupa, as etiquetas RFID desses itens são lidas e imagens das roupas são exibidas na tela sensível ao toque.
Monika Feldman disse que ela admirava a casa todo dia quando passava por lá em direção à Byzanz, uma loja de tecidos do outro lado da rua de propriedade dela e de seu marido. Por isso, eles decidiram transformar o local em um "lugar para ser preenchido por coisas incomuns para pessoas comuns."

"A loja, que abriu em novembro de 2010, atende a qualquer pessoa," disse Monika. Ela possui uma grande variedade de produtos incluindo roupas desenhadas por Comme des Garcons, Carolina Herrera, Alessa Casati, Chic by Accident e Prada assim como jóias da Alexis Bittar e de outras marcas. Existem também livros, DVDs, CDs de música e móveis para casa. A loja realiza exposições de artistas locais e internacionais; a primeira delas exibiu pedaços de vidro pela Orfeo Quagliata do México incluindo uma seringa de vidro de 2,13 m cheia de cristais Swarovski.