RFID Estudos de Caso

Rebecca Minkoff amplia atuação do sistema RFID

Com códigos QR em suas bolsas de luxo, a varejista de moda de Nova York está permitindo que consumidores acessem conteúdos depois de fazer compras

Por Claire Swedberg

2 de janeiro de 2018 - Quando os clientes compram uma bolsa de luxo na Rebecca Minkoff, levam para casa um perfil digital do produto que lhes permite muito mais do que uma compra convencional oferece. A empresa está empregando a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) em suas lojas para melhorar o gerenciamento de inventário e a experiência na loja. Mas agora está focada em algo que amplia o poder da tecnologia: engajar os consumidores e avaliar suas respostas emocionais.

A bolsa ALWASYON, exposta durante a temporada de compras de fim de ano, apresenta a capacidade de a empresa "conversar" com os proprietários da mala após a compra, através de um código QR em um rótulo vinculado à identidade do produto no servidor. Isso permite que a Rebecca Minkoff compreenda melhor as emoções dos clientes em relação às suas escolhas de compra, ajuda os compradores com informações sobre seus produtos e facilita o processamento de retornos.

"O objetivo com a ALWASYON, que agora está incorporada em todas as nossas bolsas de mão, é incrementar a experiência do consumidor para além do produto" - Uri Minkoff, CEO e fundador da Rebecca Minkoff
A solução é fornecida pela Avery Dennison Retail Branding and Information Solutions (RBIS) e EVRYTHNG, aproveitando a Plataforma de Produtos Inteligentes da EVRYTHNG que aborda o conceito de Inteligência Emocional Digital (DEQ), o quadro de pesquisa da empresa que se concentra no poder de produtos conectados.

"O objetivo com o recurso ALWAYSON, que agora está incorporado em todas as bolsas, é aprimorar a experiência do cliente além do próprio produto", diz Uri Minkoff, CEO e fundador da empresa. "É para se envolver com o consumidor em um nível mais profundo com a marca, mantê-la atualizada com todas as coisas da Rebecca Minkoff e mantê-la comprometida com o nosso produto além da loja e o momento da compra". O rótulo com o código QR é uma extensão do sistema RFID UHF da loja, que traz conteúdo automatizado para compradores enquanto estão dentro da loja.

A Rebecca Minkoff vem experimentando e implantando soluções baseadas em RFID em sua Loja do Futuro no SoHo desde que abriu. A loja possui espelhos inteligentes habilitados com RFID, para identificar roupas e exibir conteúdos para clientes. Um comprador pode selecionar outras cores ou tamanhos oferecidos, além de solicitar que sejam trazidos para o vestiário onde está, selecionando essa opção no espelho, que encaminha o pedido para os iPads dos funcionários. O espelho inclui seis opções de idioma e três seleções de iluminação.