RFID Estudos de Caso

Hospital atualiza sistema para segurança infantil

O Conway Regional Health System (ou Sistema Regional de Saúde de Conway) adotou o TotGuard para evitar que crianças fiquem perdidas

Por Bob Violino

1 de fevereiro de 2017 - Manter os bebês e as crianças seguras é a prioridade máxima para o Conway Regional Health System (ou Sistema Regional de Saúde de Conway), que serve as comunidades crescentes do estado norte-americano de Arkansas. Com foco em um centro médico de cuidados intensivos de 154 leitos, o sistema de saúde proporciona aos pacientes uma variedade de serviços, incluindo para as mulheres.

A unidade de obstetrícia contém 16 suítes de parto, recuperação e pós-parto, nas quais as mães e os recém-nascidos são atendidos desde a admissão até a alta, bem como oito quartos pós-parto para o bebê. Uma divisão de cuidados intensivos de recém-nascidos (NICU) tem seis leitos e fornece cuidados para bebês doentes ou prematuros. Em 2015, a equipe de Conway e seus médicos cuidaram de 1.804 bebês.

As tags pediátricas são reutilizáveis, mas a faixa que circunda cada tag não é
Entre 1983 e 2016, 133 crianças foram sequestradas em centros de saúde dos EUA, de acordo com o National Center for Missing & Exploited Children (Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas).

Para evitar tais ocorrências, a Conway Regional usava a solução RFID de segurança Halo para bebês, da Stanley Healthcare. Mas há vários anos, o fornecedor notificou o hospital que não iria mais desenvolver o sistema. Além disso, o hospital teve problemas operacionais com a solução Halo devido a um número crescente de falsos alarmes de violação.

Era hora de procurar uma nova solução. "A segurança de nossos pacientes é a nossa principal preocupação", diz Eric Kindsfater, diretor de segurança, comunicações e segurança da Conway Regional. "Nosso sistema original estava desatualizado e as peças estavam se tornando muito difíceis de obter. E, quando as peças eram localizadas, o preço estava muito alto".

Os administradores decidiram encontrar um sistema em substituição ao original. "Os principais objetivos eram identificar um sistema RFID que fosse compatível com os recursos existentes da organização, ser fácil para o pessoal iniciar, usar e responder e fornecer o máximo nível de segurança e de prevenção de sumiço de bebês", diz Mary Salazar, diretora de serviços para mulheres e bebês do Conway Regional.

Desde outubro de 2015, os bebês nascidos no hospital estavam protegidos pelo Sistema de Segurança Infantil TotGuard da Guard RFID Solutions. A solução de localização em tempo real monitora o paradeiro dos bebês e crianças pequenas dentro da instalação.