RFID Estudos de Caso

Serviço de emergência resolve desafios de inventário

O South Metro Fire Rescue Authority está rastreando suprimentos médicos no seu armazém e em 17 estações, para reduzir o desperdício e melhorar a eficiência

Por Bob Violino

16 de junho de 2015 - O South Metro Fire Rescue Authority, em Colorado, nos Estados Unidos, presta serviços de emergência e de prevenção para cerca de 195 mil moradores em dois municípios, bem como para milhares de pessoas que chegam às comunidades para trabalhar. O departamento de Fire & Emergency Medical Services (EMS) da organização opera em 17 estações e é composto por técnicos em incêndio e emergência médica (EMTs) e paramédicos. É essencial que as suas ambulâncias estejam equipadas com todos os suprimentos médicos necessários numa situação de emergência.

O South Metro enfrentou alguns desafios de gerenciamento de inventário, inclusive uma quantidade excessiva de estoques. O armazém em sua sede e cada estação eram abastecidos com o mesmo número de suprimentos médicos. Além disso, a maioria dos medicamentos e outros suprimentos médicos descartáveis têm datas de validade. Muitas vezes, os suprimentos médicos expiravam antes de ser utilizados, seja por estoque excessivo ou pela falta de demanda para esses produtos.

O South Metro Fire Rescue Authority acompanha suprimentos médicos no seu armazém e em 17 estações por meio de uma solução RFID
"Alguns tipos de incidentes são comuns, enquanto outros são muito raros", diz Rich Buchanan, chefe de operações EMS no South Metro. "Um médico licenciado é obrigado a conviver [na ambulância] com todos os suprimentos para todos os diferentes tipos de situações de emergência".

O South Metro estava usando um processo altamente trabalhoso e intensivo para atualizar seu inventário, diz Buchanan. Isto envolvia funcionários em cada estação para contar manualmente e verificar as datas de vencimento de todos os itens, o que levava um longo tempo e estava propenso a erros humanos. A organização precisava de uma maneira eficiente para monitorar suprimentos médicos para que eles provavelmente fossem usados antes das datas de vencimento.

Em março de 2015, o South Metro adotou um sistema de gerenciamento de inventário RFID conhecido como IntelliView, da Silent Partner Technologies (SPT), para melhorar a eficiência. Na sequência de um piloto no armazém do South Metro para demonstrar a solução para toda a equipa de gestão, a organização decidiu implementar a solução em todas as 17 estações. O sistema está ajudando o South Metro a ter uma melhor gestão de inventário, reduzir o desperdício e melhorar o controle de ativos, diz Buchanan.