RFID Estudos de Caso

Evento estudantil utiliza mídias sociais

Pulseiras RFID NFC foram utilizadas para aumentar o envolvimento dos participantes do We Day, nas atividades de filantropia, entretenimento e negócios

Por Michael Belfiore

13 de fevereiro de 2015 - A cada evento We Day, cerca de 20.000 estudantes se reúnem para compartilhar recursos e ouvir palestras de manda-chuvas nos mundos da filantropia, entretenimento e negócios, com o intuito de tornarem-se mais inspirados a fazer do mundo um lugar melhor. Você não pode comprar um bilhete para um evento We Day. Os alunos ganham um convite porque contribuíram abnegadamente em suas comunidades de origem e são admitidos gratuitamente, graças ao apoio de grandes patrocinadores. Em 2014, sete eventos We Day foram realizados no Canadá e outro nos Estados Unidos. Neste ano, o We Day vai promover três eventos canadenses, três nos Estados Unidos e um no Reino Unido.

Na turnê 2014-2015, os organizadores do evento implantaram uma solução de mídia social baseada em identificação por radiofrequência (RFID), da canadense Connect&Go. O sistema conecta os participantes e suas contas de e-mail e redes sociais aos organizadores do evento e patrocinadores através de pulseiras com chips passivos de Near Field Communication (NFC), que podem ser lidos em quiosques com RFID ou com dispositivos portáteis.

O sistema RFID foi lançado em conjunto com um processo de registro online projetado para melhorar a eficiência. Desde quando o We Day começou em 2007, os gestores têm contado com horários e formulários em papel, conhecidos como cédulas, enviados para os participantes em suas escolas, para reunir informações de registro e de entrada dos alunos sobre o que eles gostariam de ver em eventos futuros. Mas preencher manualmente cédulas de papel foi um processo complicado, resultando em um grande número de participantes não completem o processo de registro.

"O sistema RFID envolve os patrocinadores de uma nova maneira", diz Carly Bedini, diretora associada de logística do We Day. Além disso, as inscrições online aumentaram a quantidade de informações que os organizadores do We Day recebem de participantes, ao mesmo tempo, eliminando a papelada. "Descobrimos que as inscrições foram maiores do que em qualquer outro ano", diz ela.

No início de 2014, as gestoras Lina Dia Beaudin, produtora executiva, e Leah Ruinsky, diretora de operações e garantia de qualidade começaram a pensar na tecnologia RFID como uma possível solução para os problemas causados pelo registro em papel. Elas começaram a pesquisar potenciais fornecedores e, como parte desse processo, encontraram a Connect&Go.

Naquele verão, durante a realização de pesquisas para avaliar a Connect&Go, Beaudin participou do anual Osheaga Music and Arts Festival, em Montreal, que distribuiu pulseiras RFID para os 40.000 participantes nos três dias de evento. Beaudin gostou de como as pulseiras habilitavam os convidados a compartilhar suas experiências pelas redes sociais. Ela era mais inclinada a acreditar que o Connect&Go, que forneceu o sistema utilizado pelo Osheaga, poderia construir uma solução de RFID para o We Day, que propiciasse o engajamento social entre os estudantes e os patrocinadores cujas doações pagam os eventos.