RFID Estudos de Caso

Dayton prioriza acesso de veículos de serviço

Cidade norte-americana implanta solução RFID para gerir frota e reduzir congestionamentos em um estacionamento para veículos de manutenção

Por Michael Belfiore

27 de agosto de 2014 - Quando o inverno chega na cidade norte-americana de Dayton, em Ohio, caminhões especiais com arados para remoção de neve precisam estar imediatamente nas ruas para abrir caminho aos carros. A cada minuto de arado ocioso, uma nova pilha de neve cresce, interrompendo o trânsito e colocando a segurança dos motoristas em risco. E ainda ocorrem os congestionamentos no estacionamento do Department of Water (Departamento de Águas), na Monument Avenue, de onde saem os caminhões para jogar sal nas ruas, como forma de combater a neve.

Arados, retroescavadeiras, caminhões de lixo e todos os outros veículos da cidade têm de compartilhar o acesso com caminhões de entrega e outros veículos. Os veículos de manutenção da cidade precisam, então, esperar de três a cinco minutos para entrar, enquanto um guarda verificada a autorização de cada motorista. Isso é uma preocupação especial durante as tempestades de neve; e os atrasos afetam outros veículos da cidade durante todo o ano.

Um carro da polícia, no estacionamento da Monument Avenue, passando pela via automatizada; a pista de visitante está imediatamente à esquerda do carro
"Não é incomum uma pista de tráfego acumular maior movimento durante certos períodos, como emergências de neve", diz Ben Swain, engenheiro sênior do Departamento de Águas. "Por isso, a cidade de Dayton procurou um meio de proporcionar o acesso de forma mais eficiente".

Em junho de 2012, Dayton implantou uma solução de gestão de frotas com RFID para automatizar o acesso ao estacionamento dos 100 a 200 veículos autorizados que utilizam o local diariamente. O novo sistema também permitiu à cidade fazer melhor uso de seus recursos durante o horário comercial.

O projeto foi concebido como parte do esforço contínuo de Dayton para agilizar as operações com a ajuda da tecnologia RFID. Após o sucesso de seu programa de reciclagem de lixo com RFID, que Dayton introduzido em 2011, as autoridades da cidade começaram a procurar outras maneiras em que a tecnologia pudesse melhorar a vida de seus funcionários e moradores. Em 2013, a cidade instituiu uma solução movida a RFID para identificar as empresas de serviços públicos responsáveis pela fixação dos cortes de estrada que fazem para ter acesso a seus cabos e tubos.

"No momento em que os municípios estão se esforçando para manter os serviços sem aumentar os orçamentos", Swain afirma, "a cidade de Dayton está novamente demonstrando como a RFID pode servir os seus cidadãos".