RFID Estudos de Caso

Instituição correcional rastreia visitantes

O Virginia Beach Sheriff's Office está usando RFID para assegurar que as pessoas sejam devidamente contadas no caso de uma evacuação

Por Bob Violino

12 de agosto de 2013 - Dia após dia, entre 75 e 100 membros não-funcionários entram e saem do Virginia Beach Sheriff's Office (VBSO), um complexo composto por três edifícios conectados, incluindo uma instituição correcional. Durante anos, os administradores empregaram um sistema baseado em papel para verificar manualmente os trabalhadores contratados, pessoal médico, clero, voluntários e outros visitantes dentro e fora da instituição Virginia Beach. É importante saber quem está no complexo de três edifícios a qualquer tempo, especialmente no caso de fogo ou outra situação de emergência.

Mas o sistema manual era impreciso e ineficaz, diz a capitã Victoria Thomson, ex-oficial do VBSO e, atualmente, comandante de treinamento sobre abuso de drogas. Comandos de evacuação são emitidos durante treinos mensais e emergências, explica ela, acrescentando: "como medida de precaução, emitimos ordem de evacuação com sons de alarme de incêndio".

RFID permite ao Virginia Beach se certificar de que todas as pessoas são contabilizadas durante as evacuações
O VBSO realiza anúncios de evacuação, mas os administradores não tinham um método fácil e confiável para garantir que todos estavam fora do complexo. "Em situações de emergência, tínhamos de voltar às folhas de registro para descobrir quem estava no prédio e, em seguida, tentar identificar onde estavam para aconselha-los a evacuar", diz Thomson. "Nós decidimos que automatizar o registro de quem está no prédio nos daria uma maneira melhor e mais eficiente de rastrear pessoas".

Em 2011, o VSBO definiu os requisitos de um sistema de controle de entrada. Durante a evacuação, a instalação deveria poder rastrear quem deixou os edifícios e quem ainda estava dentro do complexo. O sistema também deveria ser baseado na Internet, para que os administradores pudessem verificar o status dos visitantes de qualquer lugar dentro da instalação ou remotamente. Outros requisitos de sistema incluem a capacidade de emitir etiquetas de identificação para funcionários não-juramentados, bem como a verificação biométrica para identificar positivamente os indivíduos.

O VSBO trabalhou com a provedora de soluções TransitionWorks Software, para construir um sistema de RFID personalizado que atendesse a todos esses requisitos. O Sistema de Controle de Evacuação foi implantado em julho de 2012.