RFID Estudos de Caso

Empresa de logística global monitora temperatura de cargas

O suíço Panalpina Group implantou solução de RFID para rastrear as condições de produtos farmacêuticos durante o transporte e o armazenamento

Por Bob Violino

19 de outubro de 2012 - No início de 2009, o Panalpina Group, com sede na Suíça, se propôs a identificar uma tecnologia que lhe permitiria controlar as condições de temperatura durante os embarques de produtos para saúde e farmacêuticos. O Panalpina, uma das empresas líderes mundiais em logística, opera uma rede global composta por mais de 500 unidades em mais de 80 países. Muitos de seus melhores clientes precisam garantir que os ambientes em que os seus produtos são armazenados permanecem dentro das escalas de temperatura especificadas.

"Algumas dessas empresas têm requisitos básicos", diz Daniel Lutz, chefe de operações do Panalpina em Luxemburgo, “e o primeiro passo que demos foi definir como queríamos atender a esses requisitos e conviver em sintonia com os próprios padrões de alta qualidade das empresas das áreas da saúde e de produtos farmacêuticos".

Hub de frete aéreo do Panalpina em Luxemburgo

Além do desejo de oferecer melhores serviços aos seus clientes do setor de saúde e farmacêutico, o Panalpina acredita que tem a obrigação de fazer o que puder para que essas organizações proporcionem um melhor atendimento aos seus clientes. "Os clientes são o alvo máximo para melhorar os serviços", diz Lutz. "A empresa vai realizar o que pode para oferecer aos clientes o melhor e mais seguro transporte possível de seus bens".

De acordo com Lutz, a gestão do Panalpina procurou criar um estado-da-arte-global, que fornecer garantias para os clientes dos setores de saúde e farmacêutico para que a empresa esteja fazendo o seu melhor para salvaguardar produtos em trânsito. Em busca de uma tecnologia de rastreamento adequado, o Panalpina buscou uma solução que permita abordar proativamente as mudanças de temperatura em ambientes de aviões, caminhões e armazéns.

Alguns executivos do Panalpina tinham visto uma demonstração de uma solução baseada em RFID para acompanhar as temperaturas de morangos enviados da Espanha para a Alemanha. Eles não viram nenhum motivo para a tecnologia RFID não ser utilizada para monitorar a produtos de saúde e medicamentos.

Em novembro de 2009, o Panalpina trabalhou com a Ambient Systems para implantar seu sistema de controle de temperatura SmartView RFID baseado em seu hub de frete aéreo em Luxemburgo. A próxima instalação, que ocorreu durante o primeiro trimestre de 2010, foi nos EUA, em Huntsville, Alabama. Após essa implantação, o Panalpina equipou seis instalações aeroportuárias em todo o mundo com o sistema SmartView.

O Panalpina controla aeronaves arrendadas ou fretadas que realizam rotas específicas e também projeta e supervisiona processos no chão, diz Matthias Frey, chefe da rede da empresa de frete aéreo controlado. A empresa pode manter diversas faixas de temperatura diferentes, simultaneamente. A solução RFID controla temperaturas, enquanto os produtos estão em trânsito, no depósito ou na estrada.