RFID Artigos

A importância do treinamento em RFID

Capacitar profissionais para ajustarem a tecnologia às necessidades de negócios representa um passo importante para o sucesso dos investimentos

Por Renata Rampim de Freitas Dias

19 de julho de 2012 - Capacitar o profissional para a implantação e uso da tecnologia de identificação automática é necessário? Sim, é totalmente necessário!

Uma tecnologia de identificação automática, Auto-ID, é qualquer sistema que colete dados de um objeto e os entrega a um banco de dados sem a intervenção humana. As tecnologias Auto-ID estão em toda parte, seja na entrada de um condomínio ou no caixa de um supermercado.

Para obter o melhor benefício na implantação de um sistema de identificação automática é necessário que este responda algumas questões sobre o objeto a ser identificado, ou seja, “O que é isso?”, “Onde ele está?” e “O que está contido nele?” - principalmente na identificação e no rastreamento de caixas, pessoas e animais. A tecnologia Auto-ID identifica e localiza mais rápido, mais preciso e geralmente com um custo reduzido se comparado com o processo manual. A identificação por radiofrequência, RFID, é um dos tipos de tecnologia de identificação automática.

O emprego da tecnologia de identificação por radiofrequência na organização gera, na maioria das vezes, uma mudança no processo. Este processo precisa ser analisado e estudado para que a mudança tenha sucesso. O sistema RFID tem muitos desafios a serem enfrentados em sua implantação, tanto nas áreas de aplicação quanto na integração do sistema operacional da organização.

Muitas vezes a falta de habilidade e motivação em lidar com os diferentes níveis da implantação pode ser uma barreira do lado do usuário. E como superar os desafios e as barreiras? Capacitando a equipe da organização para lidar com a tecnologia. Estabelecendo um programa de capacitação para a equipe interna, incluindo os funcionários da organização, desde o departamento de TI até os funcionários que tenham conhecimento ou papel ativo no planejamento do processo. Uma equipe interna voltada para a implantação e uso da tecnologia será necessária para planejar e gerenciar o processo de transformação que a introdução do sistema RFID representa.

O objetivo da capacitação é deixar claro para a organização o direcionamento estratégico de forma que estes possam administrar os desafios na utilização da tecnologia RFID produtivamente, incorporando-o em seus planos estratégicos. Obtendo, desta maneira, uma vantagem competitiva e o retorno mais rápido sobre este investimento.

Para a equipe de TI é imprescindível discutir os requisitos da implantação do sistema RFID, atendendo adequadamente as necessidades das aplicações, as limitações e o grande aumento do volume de dados que a implantação do sistema representará. Portanto, compreendendo os pontos fortes e fracos das diferentes formas de projetos.

Uma capacitação correta estimula a equipe da organização a ampliar seu potencial de investigação de novos conhecimentos por meio dos estudos e vivências de casos diferentes em que ele está acostumado, assim implantar o sistema RFID na organização com novas perspectivas e novos paradigmas.

Renata Rampim de Freitas Dias é consultora em RFID e professora associada ao Centro de Excelência em RFID (RFID CoE).
  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »